Colunas

FUTEBOL

Goleada do Athletico

Publicado em: 27/07/2020

Coragem e imprudência não deram certo: Athletico Paranaense 5 x 1 FC Cascavel no primeiro jogo da semifinal

Olha gente, o FC Cascavel foi duramente batido na tarde desse domingo pelo Athletico Paranaense. 5 x 1 foi o tamanho do machucado. Agora é curar as feridas e buscar um resultado melhor para a próxima quarta-feira, no Estádio Olímpico Regional. O Athletico tem um time muito bem arrumado: defende e ataca em bloco, dificultando a marcação dos adversários. Foi quase uma luta de Davi contra Golias, o que vimos na Arena da Baixada. 

O início até que foi equilibrado, com o time da capital trocando toques no meio de campo, aguardando um erro do FC Cascavel, que se defendia da melhor maneira possível. Aos 22 minutos, Lucas Halter fez um gol de cabeça, sem marcação, num cruzamento de bola da esquerda do campo de ataque para a marca do pênalti. Aos 33, Guilherme Bissoli surgiu entre dois zagueiros, sem chances para nosso bom goleiro Raul. 

A Serpente Aurinegra não se entregou e fez um belo gol, bem ao estilo rápido de nossos atacantes, aos 44, numa bola que passou de Tocantins para Quaresma, que cruzou para dentro da área onde estava Henrique, que se adiantou ao zagueiro. 2×1 foi o placar do primeiro tempo. 

Até aí, estava tudo bem. Um resultado normal, e até bom para nós, se considerarmos a enorme distância técnica entre os jogadores. Porém, a ducha fria veio logo no início do segundo tempo, com Nikão ampliando, num chute que desviou no zagueiro Marcel e tirou o goleiro Raul da jogada. Foi uma bola de fora da área.  Aos 14, Marquinhos Gabriel marcou o quarto; e Bissoli fez o seu segundo gol no jogo e o 5º do Athletico, aos 25 minutos. 

Nosso time continuou jogando aberto, até demais. Tentou, mas não conseguiu marcar mais gols. O técnico Marcelo Caranhato foi corajoso, porém imprudente: nossa defesa falhou muito e não tivemos proteção do meio de campo. Deu no que deu. 

O treinador Dorival Júnior, com seu novelo tático, mostrou porque é um dos melhores do Brasil. Não deixou nosso FC Cascavel jogar. Tivemos alguns lampejos do que fomos no decorrer do campeonato. Enfrentamos o melhor time do Paraná e um dos melhores do Brasil, na atualidade. Estamos sem banco qualificado. Estivemos cansados nessa jornada. A boa notícia é que o time joga muito mais do que jogou nesta jornada. 

O resultado negativo, e mesmo a goleada, não tira o brilhantismo da campanha deste ano, sob a sombra do novo coronavírus. É possível fazer um bom jogo na próxima quarta-feira, para encerrar a participação no campeonato; o Furacão já virou brisa em Cascavel, em outras oportunidades, mas é pouco provável que revertamos o placar. O FC Cascavel deverá receber pelo menos mais seis novos jogadores para a Série D do Brasileirão. Com certeza será necessário reforçar a defesa. Nossos zagueiros erraram muito no jogo desse domingo. 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!