A revista mais premiada do Paraná
13 anos de história

Cooperativismo

Valéria Bellafronte
É jornalista e radialista. Escreve sobre cooperativismo de crédito

Você merece ser cooperativo

Publicado em: 12/07/2021
Quando você é dono, as condições são melhores e, assim como qualquer empresa, quanto maior o número de pessoas envolvidas, mais possibilidades de negociações

O cooperativismo de crédito como uma alternativa dentro do Sistema Financeiro Nacional com inúmeras alternativas para os associados é o foco da campanha institucional que o Sicredi acaba de lançar: “Construir Juntos uma Sociedade mais Próspera”. 

Que eu defendo o sistema cooperativo de crédito não é segredo para ninguém, mas o que muitas vezes é difícil explicar para quem é acostumado a ser “cliente” são os motivos que levam a taxas mais justas, a importância desse relacionamento próximo e esse retorno de recursos captados que ficam na comunidade. 

E isso acontece na concessão de crédito, contratação de fornecedores locais, engajamento em causas sociais. Lembrando sempre que o associado/dono participa das decisões e divide lucros. A campanha irá mostrar tudo isso e apresentar alternativas sustentáveis, sempre valorizando os motivos que nos movem, como que a cooperação é mais abundante e agregadora que o individualismo.

A campanha terá mensagens específicas para cada público, sejam eles ligados aos segmentos de pessoa física, pessoa jurídica ou agro, entre outros. Para isso, um hub de conteúdo será disponibilizado, com informações e peças de comunicação direcionadas para cada um deles, vídeos institucionais do Sicredi e sobre cooperativismo de crédito, que mostram como o impacto positivo é gerado na prática. Essas informações poderão ser acessadas em https://www.sicredi.com.br/alternativa.

IMPACTO POSITIVO COMPROVADO
Segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a presença e a atividade de uma cooperativa de crédito incrementam o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos municípios em 5,6%, criam 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumentam o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando, portanto, o empreendedorismo local e contribuindo com o desenvolvimento das regiões.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2021 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751