A revista mais premiada do Paraná
13 anos de história

Mundo dos Queijos

Maike Tais Maziero Montanhini
Doutora em Tecnologia de Alimentos e apaixonada por queijos

Serra da Estrela

Publicado em: 16/04/2021


Podemos dizer que o queijo Serra da Estrela tem poesia como um dos seus ingredientes. É feito com leite de ovelhas da raça Bordaleira, criadas nas pastagens naturais de uma cadeia montanhosa 

O queijo Serra da Estrela é considerado o imperador dos queijos portugueses. É um dos queijos mais famosos do mundo. Reconhecido por seu formato redondo e pequeno (peças de aproximadamente 1 quilo), é envolto por uma cinta de tecido. Sua principal característica é a cremosidade, um queijo que pode ser servido com a colher.

Podemos dizer que o queijo Serra da Estrela tem poesia como um dos seus ingredientes. É feito com leite de ovelhas da raça Bordaleira, criadas nas pastagens naturais de uma cadeia montanhosa na Região do Centro, em Portugal. O Serra da Estrela tem denominação de origem protegida, ou seja, esse queijo não pode ser feito em nenhum outro lugar do mundo. 

O processo de fabricação segue sendo feito de forma artesanal segundo as técnicas ancestrais. Considerando que sua primeira queijaria data de 1287, são centenas de anos de tradição. O pastor sai com suas ovelhas pela manhã juntamente com seu cão de pastoreio, escolhe cuidadosamente a região onde os animais vão se alimentar, pois algumas plantas podem conferir gosto amargo ao leite e, consequentemente, aos queijos. Toda a família participa da ordenha e ajuda na produção dos queijos, que são feitos manualmente com leite cru. 

Como coagulante, nada do tradicional coalho, este queijo é feito com a flor do cardo. Esta flor, também conhecida como alcachofra hortense, é rica em enzimas que interagem com a gordura e a proteína do leite de ovelha. Após 45 dias de maturação a alquimia se completa: um queijo amanteigado, quase derretido, um verdadeiro deleite de sabor. 
 
Serra da Estrela: um queijo bué* delicioso e feito com flores
*bué em Portugal significa “muito”

Também pode ser encontrado na versão Serra da Estrela Velho, maturado por 120 dias, com sabor mais forte e picante, é mais seco e amarelado. Acompanhado de um bom pão e de um vinho robusto ele expressa toda sua intensidade. Melhor ainda se for com um bom vinho do Porto. Quem prova essa dupla nunca mais esquece...

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2021 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751