Colunas

Ligeira e bela

Publicado em: 12/05/2017

Todos sabem que gosto muito de plantas e sempre tem aquela que a gente gosta mais. No meu caso são muitas e muitas, afinal elas preenchem minha vida, mas tem aquela muito especial. É a sete-léguas (Podranea ricasoliana), que leva esse nome por sua grande agilidade para crescer. Faz parte da família das bignoniáceas, assim como o jacarandá (Jacaranda), o ipê (Tabebuia), a bisnagueira (Spathodea), além do cipó-rosa (Cuspidaria).

É uma planta capaz de crescer absurdamente rápido e que dá flores de grande beleza. Originária da Austrália e da Malásia, caracteriza-se por folhagem de um verde vivo, capaz de se espalhar em caramanchões, pérgolas, pórticos, muros ou cercas. Como cresce bastante e em pouco tempo é importante que seja assentada longe de telhados e calhas, numa base resistente para suportar a grande quantidade de galhos e ramos.

Com poucos meses de cultivo dá flores e assim continua por quase o ano todo.
As flores são de um tom rosado com riscos avermelhados, oferece mais intensidade de flores no verão, atraem insetos e pequenas aves. Alguns pássaros chegam a construir seus ninhos nos ramos. O bem-te-vi é um deles.

 

Plantar é resgatar algo mais
profundo de nós mesmos

 

Conheço desde menina e nunca perco nenhuma oportunidade de cultivar a sete-léguas; ela gera muda com os galhos em contato com o solo, ou por estacas dos ramos mais grossos.

Fácil de cultivar, gosta de sol pleno e tolera temperaturas baixas. Quando já adulta, o que acontece em poucos meses, chega a ter caules lenhosos e bem evidentes. Por sua característica de rápido desenvolvimento, exige podas regulares e condução dos galhos.  Quando conduzida numa pérgola dá sombra de ótima qualidade, na qual podemos acomodar plantas menores que exigem menos sol.

Pode ser cultivada em apartamentos, desde que receba luz do sol por um bom período do dia, se adapta bem a vasos grandes, que acomodem bem as suas raízes. Exige podas constantes para controlar seu crescimento e facilitar sua condução; ela acaba ficando mais encorpada parecendo uma pequena árvore.

Algumas plantas dão muito trabalho e deixam cair muitas folhas pelo chão;  isso não acontece com ela, depois de bem enraizada requer pouca manutenção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!