Correndo atrás dos sonhos

Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso. Fernando Pessoa

Texto Valéria Bellafronte
Fotos Bruna Scheidt

Fernando Pessoa sabia bem o que dizia quando escreveu sobre os sonhos. Desde os 13 anos, a corredora Adriana de Souza já acreditava que sonhos podem ter qualquer tamanho. Foi na cidade de Ibiporã que, ainda menina, vislumbrou transformar seus sonhos em realidade. É, claro, com muito esforço.

De família simples, Adriana enfrentou diversas intempéries antes de subir ao pódio mais alto da São Silvestre no ano 2000. “Desde o começo eu sabia onde queria chegar, participar das provas era sempre um desafio. Às vezes só tinha o dinheiro da passagem de ida e precisava vencer para voltar para casa”.

Foram muitas caronas, apoio de conhecidos ou desconhecidos. Entre essas aventuras, a passagem mais engraçada, foi quando um de seus colegas precisou ir ao banheiro na rodoviária e acabou desinteirando o valor da passagem de volta. Adriana conta que pediu emprestado para uma pessoa no terminal, mas nunca conseguiu devolver os R$ 5.

Premiações

Muitas vezes o pódio era apenas uma forma de conseguir dinheiro para continuar nas competições. A atleta relata que quando começou vencer as provas, os patrocínios foram surgindo. Nesta época, já havia passado dez anos. Em 2000, ficou em primeiro lugar na São Silvestre e quarto lugar geral na competição. No ano de 2001 foi a quarta colocada geral e a terceira brasileira e, em 2002, a vice-campeã geral. “O primeiro passo é acreditar em você. Assim é mais fácil superar qualquer dificuldade”.

Treinamento

Conhecendo os desafios, hoje, aos 44 anos, Adriana incentiva quem tem interesse em competir. Pela vasta experiência e com o apoio do marido, o professor de educação física Cláudio Néia, eles tem um grupo de assessoria esportiva voltada para corrida de rua.

O clube de corrida “Adriana de Souza” começou com alguns amigos e já passa de 20 membros. Os treinos acontecem nas segundas, quartas e sextas-feiras. Para quem tem interesse pode conhecer a atleta na página facebook.com/adrianadesouza ou pelo whats (45) 99967 5858.

 

Adriana de Souza é moradora de Cascavel e já venceu a São Silvestre feminina

 

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Onde comprar