A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história
Edição 158
ELOPEMENT WEDDING

Eles se casaram escondidos!

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Joel Perez

Publicado em 14/02/2022


Foram seis meses de segredo absoluto. Sem convidado nenhum, nem os pais, casaram bem longe, a 452 km de Cascavel, numa cerimônia íntima e muito romântica.

Sim, mas escondidos mesmo. Nem pai, nem mãe, nem irmãos, nem amigos, nem parentes. Nada. Convidado nenhum. A advogada Julia Paixão e o empresário Rafael Bauermann surpreenderam a todos pelo Instagram. “Sim, eu e o Boto fugimos para casar! E casamos hoje, 17 de janeiro de 2022. Em segredo total (não me matem)”.
 

Para a família não ter um surto coletivo, Julia mandou duas fotos no grupo de Whats App segundos antes, com a seguinte mensagem: “Casamos escondidos!”. Claro, ninguém acreditou. As reações foram as mais diversas. Alguns indignados e outros tantos “maravilhados” com a coragem do casal. 

O casamento, no conceito elopement wedding, foi organizado com seis meses de antecedência. De Cascavel, somente o fotógrafo Joel Perez e a equipe da Bel Art (onde foi locado o vestido da noiva) sabiam da história. Os demais profissionais envolvidos foram contratados em Curitiba. Sob o comando da Stella Tardivo Cerimonial, o elop aconteceu a 452 quilômetros de Cascavel, no Rancho P&R Luxo do Campo, em São Luiz do Purunã. 
 

O casal escolheu o elop principalmente pela economia. Por não ter convidados, o casamento sai bem mais barato do que uma festa tradicional, com casa de festas, buffet, DJ e decoração. “Também não somos religiosos, então casamento na igreja já estava descartado. Porém, queríamos fazer um registro. Pesquisando na internet descobri este conceito e o Rafael adorou a ideia. Contratamos tudo em junho do ano passado e tocamos a vida, quietinhos”, afirma. “Foi tudo perfeito, um momento só nosso, sem nenhum estresse”. 
 
 

E A MÃE DA NOIVA?
A mãe da noiva é esta “alma” que vos escreve aqui e que não foi convidada para o casório. Mais tranquila após a chuva de likes no Instagram da filha (embora ainda incrédula com o não-convite), confessa que achou linda a cerimônia, chorou escondida vendo fotos (queria estar lá), mas está profundamente feliz e deseja uma caminhada de paz e muita luz para os pombinhos fugitivos, que, por sinal, nem precisavam fugir, pois são amados e queridos por todos...
 
 

@stellatardivocerimonial
@joelperezfotografo
@celebrantefernandobrasil
@rafaelsemtchuk
@jessica_giocondobeauty
@belartmaison
@rancho.per.luxodocampo
@peraudopuruna
@dldroness
@vipblesscerimonial
 

Deixe seu comentário

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751